Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Torre de Babel

Torre de Babel

Imhotep: o homem que se tornou deus

Arquiteto da primeira pirâmide, Imhotep torna-se o símbolo do conhecimento e da sabedoria, divinizado pelos Egípcios e pelos Gregos.

 

imhotep.jpg

 

Imhotep gravou modestamente os seus títulos no pedestal de uma estátua: «O chanceler do rei do Baixo Egito, o primeiro depois do rei do Alto Egito, administrador do grande palácio, nobre hereditário, grande sacerdote de Heliópolis, Imhotep, construtor, escultor...», mas a sua fama depressa ultrapassou os limites da capela funerária de Saqqará.

 

Ministro notável e conselheiro avisado, aquele que inventou a arquitetura monumental em pedra foi também o mestre dos escribas. É-lhe atribuída uma recolha «sapiencial», livro de moral, o primeiro de um género literário original e muito rico no Egito.

 

Imhotep é também um herói curador. No 1º milénio a.C., foi inclusivamente divinizado, e os Gregos, que lhe chamavam Imutés, assimilaram-no a Asclépio (Esculápio), o deus da medicina. O mundo helenístico rendia-lhe homenagem na sua capela de Saqqará e depois nos templos de Tebas e de Philae.