Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Torre de Babel

Torre de Babel

Sir John Cornforth: quem foi e porque a Google lhe dedica um doodle

A Google dedica hoje um doodle ao químico e laureado com um Prémio Nobel Sir John Cornforth (1917-2013), um australiano que construiu a sua carreira em Inglaterra, tendo nascido há exatamente 100 anos atrás, no dia 7 de setembro de 1917. Durante a infância, Cornforth começou a perder a sua audição e ficou completamente surdo aos 20 anos de idade. Como era impossível para ele ouvir as palestras na Universidade de Sydney durante a sua formação, o homenageado com um Google Doodle "devorou" livros de química.

 

john-cornforth-2.jpg

 

Num belo dia na universidade, Cornforth conheceu a farmacêutica Rita Harradence. Ela havia quebrado um balão no laboratório e pediu a Cornforth para repará-lo, dado que ele tinha muita experiência na indústria vidreira. Assim, começou uma longa parceria profissional e romântica. Em 1939, Cornforth e Harradence ganharam bolsas de estudo para estudar em Oxford e casaram-se dois anos depois. Juntos, escreveram mais de 40 artigos científicos.

 

Em Oxford, Conforth juntou-se à equipa que deu grandes passos no estudo da penicilina e pesquisou bastante sobre a estrutura tridimensional de várias reações químicas. Em 1975, recebeu o Prémio Nobel da Química por este último trabalho. Sir John Cornforth e Vladimir Prelog estudaram as enzimas que ativam as mudanças nos compostos orgânicos. As suas conclusões abriram a porta para muitas descobertas, incluindo o desenvolvimento de drogas que reduzem o colesterol.

 

Quando o Prémio Nobel foi anunciado, o comunicado oficial à Imprensa admitiu que "este assunto é difícil de explicar aos leigos". Mas já estava claro que milhões de pessoas beneficiariam com a curiosidade de Cornforth sobre o funcionamento e as maravilhas do mundo natural.